Entregues as primeiras unidades ASTROS 2020

Publicado em: 08/06/2014

Categoria: NOTÍCIAS

Visualizações : 2420

Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Por: César A. Ferreira

O Exército Brasileiro, no cumprimento dos planos de equipamento da tropa, em cerimônia realizada com a presença do Exmo. Senhor Ministro da Defesa, Celso Amorim, e do o Exmo. Senhor General de Exército, Enzo Martins Peri, Comandante do Exército Brasileiro, recebeu na sexta feira última, 6.06.2014, nas instalações do Forte Santa Bárbara (Formosa-GO), lar do 6º GLMF-6º Grupo de Lançadores Múltiplos de Foguetes, as primeiras viaturas do sistema ASTROS 2020. A solenidade de entrega das viaturas, contou com uma exibição de disparo real de foguetes.

 Lançamento de foguetes de saturação durante a solenidade de entrega. Foto EB/MinDef – Jorge Cardoso.

Os veículos entregues pela Avibrás (Avibrás Aerospacial), fabricante do sistema, neste primeiro lote somam nove viaturas, sendo seis delas lançadoras, modelo Mk-6 (chassi Tatra). As viaturas entregues são as que seguem: Viatura Lançadora Múltipla Universal, AV-LMU (06 unidades); Viatura Remuniciadora,AV-RMD (01 unidade); Viatura Posto de Comando e Controle,AV-PCC (01 unidade);Viatura Posto Meteorológico, AV-MET (01 unidade). A previsão para dotação completa é de 50 veículos, que deverão ser entregues até o final de 2018.

O Astros 2020 é uma evolução do sistema ASTROS II, pode trabalhar em conjunto com o VANT reconhecedor Falcão, e lançar o novo míssil tático de cruzeiro MTC-300, antigamente denominado pelo fabricante como AV/MT-300. Esta arma exibirá um alcance máximo da ordem de 300 km, sendo em sua trajetória de cruzeiro impulsionada por uma turbina. Além desta arma, o Astros 2020 contará com foguetes de saturação SS-30 (127 mm de diâmetro, 9~30 km de alcance); SS-40* (180 mm de diâmetro,15~35 km de alcance); SS-60 (300 mm de diâmetro, 20~60 km de alcance) e SS-80 (300 mm de diâmetro, 20~90 km).

 Viaturas Mk-6 dispostas lado a lado. Foto: EB/MinDef – Jorge Cardoso.

 Os sistema ASTROS 2020 mantém a mesma flexibilidade de uso do seu antecessor, Astros II, dispondo as baterias de configuração com 4, 16 ou 32 tubos para lançamentos de foguetes e sendo compatível com as dimensões da cabine de carga do transportador C-130 “Hércules”, o que vale dizer que o veículo também será compatível para com o KC-390, dado que as dimensões destes são ainda mais generosas.

Os veículos de transporte possuem cabine com proteção contra armas leves e são capazes de vadear por 1,1 m, superar obstáculos verticais de 1m e transpor trincheiras de 2,29 m. Possuem velocidade de 150 km/h e autonomia de 500 km em qualquer tipo de terreno.

* – Está em desenvolvimento uma versão guiada para este foguete, provisoriamente denominada SS-40G. Tudo correndo a contento e, naturalmente, havendo verba, é provável que será seguida por modelo semelhante dos SS-60/80.

 

 

Portal Defesa

2 Responses to Entregues as primeiras unidades ASTROS 2020

  1. Etevaldo oliveira da silva disse:

    minha preocupação e que e preciso guerra para que haja paz espero pelas probabilidade estar pelo

    menos atingir alvos apenas inimigo embora estou saindo do comando dia 30 de julho de 2014 mas

    pelo menos o brasil sera uma potencia voutarei ha ser um ser humano normal

  2. Guilherme de Paiva disse:

    Formosa-GO minha cidade 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

UA-44933895-1