Políticas de segurança internacional são discutidas no Rio de Janeiro

Publicado em: 09/10/2015

Categoria: NOTÍCIAS

Visualizações : 545

Tags: , , , , ,

Foi realizada ontem (8) em Copacabana, Rio de Janeiro, a 12ª edição da Forte de Copacabana Conference, abordando políticas de segurança internacional nas mais diversas áreas, trazendo pessoas e iniciativas de vários países para o mesmo ambiente e promovendo debates de alto nível.

Foram 5 painéis ao longo do dia, abordando temas como Guerra não Convencional, Perspectivas para Esforços Conjuntos e Sistema Internacional englobando Soberania, território e Estado-Nação.

05

Participaram dos painéis diplomatas, militares, professores e consultores, dividindo experiências e boas práticas tanto nos contextos regionais como globais, debatendo maneiras de lidar com assuntos tão complexos sob o tema da Segurança Internacional.

Como exemplo, podemos destacar a abordagem do Ministério de Relações Exteriores da França quanto ao conceito de Conflito Híbrido, envolvendo táticas convencionais, não convencionais, cibernéticas e demais meios disponíveis. Abordagem essa apresentada por Jean-Baptiste Jeangene Vilmer, membro da equipe de planejamento político do citado Ministério, e professor da Paris School of International Affairs.

Essa e outras abordagens quanto ao mesmo conceito de Conflito Híbrido foram apresentadas e debatidas também por representantes da Alemanha, Colômbia e Brasil no mesmo painel, promovendo a troca de experiências e pontos de vista.

06

Entre o total de 29 autoridades que participaram dos debates nos 5 painéis, podemos destacar a presença do Embaixador da União Europeia no Brasil, João Gomes Cravinho, Embaixador da Alemanha no Brasil, Dirk Brengelmann, Embaixador do Reino Unido no Brasil, Alex Ellis, o General de Brigada da Áustria, Walter Feichtinger e do General de Divisão do Exército Brasileiro e representando o Ministério da Defesa, Décio Luís Schons.

A Forte de Copacabana Conference ocorre anualmente e é organizada pela fundação alemã Konrad Adenauer Stiftung, pelo CEBRI (Centro Brasileiro de Relações Internacionais) e pela União Europeia.

07

08

01

Portal Defesa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

UA-44933895-1