FAB intercepta aeronave a baixa altura no MS

Publicado em: 25/10/2015

Categoria: NOTÍCIAS, VÍDEOS

Visualizações : 1692

Tags: , , , ,

Uma aeronave não identificada foi detectada na tarde de ontem, dia 24, durante uma patrulha de rotina realizada pela Força Aérea Brasileira próxima à fronteira com o Paraguai na região sul do estado do Mato Grosso do Sul. A aeronave não possuía plano de voo e, segundo a FAB, voava em uma rota conhecida por ser utilizada pelo tráfico de drogas na região.

Com base no Artigo 2º do Decreto 5.144, apelidada de “Lei do Abate”, onde é determinado que qualquer aeronave que adentrar o território nacional, sem Plano de Voo aprovado, oriunda de regiões reconhecidamente fontes de produção ou distribuição de drogas ilícitas estará sujeita a interceptação e ao emprego de ações para impedir o prosseguimento do voo, imediatamente aeronaves A-29 do 3º/3º GAv, Esquadrão Flecha, e que participavam do patrulhamento na região prosseguiram com a interceptação do avião invasor, seguindo os procedimentos estabelecidos a fim de identifica-la visualmente e orienta-la para um pouso em local determinado pela FAB, a fim de verificar suas intenções.

Logo após a chegada dos A-29, a aeronave iniciou uma fuga em direção à fronteira com o Paraguai com o claro intuito de escapar da interceptação brasileira, o que acabou conseguindo fazer nas proximidades de Japorã, cidade a apenas 3km do país vizinho.

A_29_158666073

A-29 do Esquadrão Flecha, similar às aeronaves envolvidas na interceptação

Durante a interceptação a baixa altura, um morador da região, Luiz Fernando Sampaio Puretz, flagrou em vídeo o momento em que um A-29 da FAB realiza disparos, presumidamente Tiros de Aviso (procedimento previsto no Decreto 5.144), e permanece na cola da aeronave suspeita.

A FAB informa que trabalha nesse momento em conjunto com as autoridades do Paraguai para a localização da aeronave.

Nós entramos em contato com o 6º Subgrupamento de Bombeiros Militar, responsável pela região, a fim de confirmar ou refutar o boato de que a aeronave havia sido abatida e que buscas estavam sendo feitas, e fomos informados que nenhum chamado do tipo foi dado em nenhuma das unidades do sul do estado do Mato Grosso do Sul.

Portal Defesa

Notícia anterior:
Próxima notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

UA-44933895-1