USAF deixa 82 caças F-16D no chão

Publicado em: 20/08/2014

Categoria: NOTÍCIAS

Visualizações : 1090

Tags: , ,

Do Rio de Janeiro

Em uma inspeção pós-voo de rotina em um F-16D, modelo bi-place do caça, militares da Força Aérea Norte Americana (USAF) descobriram fraturas na longarina do canopy entre os assentos dos pilotos.

Logo um TCTO (Time Compliance Technical Order) foi emitido orientando uma inspeção na longarina de todos os 157 caças F-16D da USAF, onde acabaram por detectar a mesma micro rachadura em 82 delas. Todas as outras 75 aeronaves continuam na linha de voo.

A USAF trabalha agora junto com a Lockheed Martin para desenvolver uma solução temporária que permita o retorno das 82 aeronaves à operacionalidade com restrições de tempo de voo enquanto uma solução permanente não é encontrada.

A frota de F-16D da USAF tem em média 24 anos, e cerca de 5.500 horas de voo. O caça é utilizado basicamente para treinamento, justificando, portanto a preocupação em recolocar essas 82 aeronaves em condições de voo o mais rápido possível.

Portal Defesa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

UA-44933895-1