RC-135 da USAF invade espaço aéreo sueco

Publicado em: 04/08/2014

Categoria: NOTÍCIAS

Visualizações : 1416

Tags: , , , , , ,

Do Rio de Janeiro

Uma aeronave espiã da Força Aérea Americana, modelo RC-135 Rivet Joint, invadiu o espaço aéreo da Suécia no dia 18 de julho, um dia após a queda do voo MH17 na Ucrânia, causando uma situação no mínimo desagradável para a relação entre os dois países.

Esta “situação desagradável”, porém, é facilmente esquecida quando vem à tona o motivo de tal invasão pela aeronave americana. Ela estava em fuga!

O Boeing RC-135 Rivet Joint da USAF estava realizando uma missão de espionagem das movimentações russas próximas à Ucrânia, em um sobrevôo sobre o Mar Báltico, quando para a surpresa dos tripulantes americanos, um radar de busca russo, baseado em Kaliningrado, passou a monitorar seus movimentos.

Só essa atitude russa, nada comum, já foi suficiente para que o RC-135 tomasse a atitude de sair da região. Sua fuga ganhou certo tom de desespero quando um caça decolou do mesmo enclave russo localizado entre a Polônia e a Lituânia e seguiu em direção ao RC-135, claramente em uma missão de interceptação.

A tripulação do RC-135 então passou a voar em direção a Ilha de Gotland, território sueco e a apenas 190km ao sul de Estocolmo. Foi feita uma solicitação para entrar no espaço aéreo sueco, porém o pedido foi negado.

A tripulação americana, fugindo de qualquer forma da ação russa, acabou ignorando a negativa e entrou no espaço aéreo sueco a revelia, voando por cerca de 200km por 90 minutos antes de ir embora.

O incidente chamou pouca atenção na época por conta da queda do voo MH17, porém um documento do Ministério da Defesa sueco acabou vazando, confirmando o episódio e com militares americanos dando detalhes do ocorrido.

Os EUA estão neste momento em tratativas com o governo da Suécia para que, caso seja necessária nova entrada imprevista de uma aeronave americana em seu espaço aéreo, seja feita sem violar qualquer regra ou sem causar qualquer “incomodo” diplomático.

Portal Defesa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

UA-44933895-1