Conversas entre Honduras e Embraer suspensas

Publicado em: 06/06/2014

Categoria: NOTÍCIAS

Visualizações : 653

Tags: , , , , , ,

Do Rio de Janeiro

O Governo de Honduras, país centro-americano envolvido em uma grave crise diplomática com o Brasil em 2009, decidiu suspender temporariamente as conversas com a Embraer a cerca da modernização e compra de aeronaves, que estavam sendo tratadas desde o final do mês passado.

A suspensão nada tem a ver com a crise citada, mas se deu por conta da incerteza do governo hondurenho a cerca dos valores a serem praticados, e como o pagamento poderia ser feito. Honduras teria que levantar primeiro a linha de crédito disponível, e se o financiamento seria realizado com dinheiro publico ou empréstimo com bancos privados.

A intenção do país é modernizar 9 T-27 tucanos e 5 F-5E Tiger II, ambos adquiridos nos anos 80, além de comprar 4 novos A-29.

A Força Aérea de Honduras possui uma tímida frota de combate, tendo como principais aeronaves os dois modelos citados acima, além de cerca de 8 A-37 Dragonflys. O A-29 e a modernização dos F-5E, elevariam as capacidades de combate do país para um nível nunca visto.

O tipo de modernização ainda não foi definido, mas estima-se que o contrato, se fechado, ficara entre US$35 milhões e US$65 milhões.

Portal Defesa

2 Responses to Conversas entre Honduras e Embraer suspensas

  1. Alex Tiago disse:

    Eu acredito que os valores sejam outros vi em algumm lugar em valores em torno de 130 milhoes de dolares por isso que paralisaram as negiciações por estar muito alto os valores finiciado pelo BNDES

  2. Gilberto Rezende disse:

    De 35 a 65 milhões de dólares para modernizar 5 F-5 e 9 tucanos ???

    Quatro Super Tucanos novos custam 40 milhões para iniciar !!!

    Acho que o desejo não acompanha a capacidade econômica hondurenha….

    Mal dá para recuperar e trocar ALGUNS aviônicos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

UA-44933895-1