Governo de fato da Ucrânia dissolve unidade de elite.

Por: César A. Ferreira

O Presidente interino do governo de fato da Ucrânia, Oleksander Turchynov, emitiu uma ordem direta para a dissolução da 25ª Brigada Aerotransportada. O motivo para esta atitude marcada pela intempestividade foi a recusa dos militares da referida brigada em enfrentar os populares na cidade de Kramatorsk, onde cercaram os blindados e os respectivos soldados exortando-os a abandonarem o intento repressivo contra a população local.

Não tendo aberto fogo contra os civis que se aglomeravam junto aos blindados, os responsáveis pelas emissões das ordens repressivas contra os “terroristas”, tomaram os militares da 25ª Brigada Aerotransportada como “covardes”. Cabe dizer que esta unidade foi mobilizada para dar combate contra elementos armados, mas encontraram apenas manifestantes civis desarmados. Em função da recusa da 25ª Brigada Aerotransportada em dar combate contra insurgentes que não encontrados, será a mesma dissolvida e os seus integrantes submetidos à corte militar, por não terem aberto fogo contra os populares, concentrados e passantes, que efetivamente encontraram.

O evento é elucidativo do descontrole por parte do atual governo de fato da Ucrânia sob o aparato militar do país. Outro exemplo cabal da falta de capacidade do governo de Kiev de se impor sobre o desenrolar dos acontecimentos é o próprio tom da nota informativa sobre a dissolução da 25ª Brigada Aerotransportada, que exibe uma narrativa emotiva e relata o confronto havido entre a Guarda Nacional da Ucrânia e manifestantes, que resultou em mortes de civis, como um exemplo a ser seguido. A nota foi publicada em inglês e segue abaixo:

 

“Oleksandr Turchynov instructed to disband the 25th airborne brigade servicemen of which demonstrated cowardice and laid down their weapons

Acting President, Chairman of the Verkhovna Rada of Ukraine Oleksandr Turchynov instructed to disband the 25th airborne brigade servicemen of which demonstrated cowardice and laid down their weapons.

‘The 25th separate airborne brigade servicemen of which demonstrated cowardice and laid down their weapons will be disbanded and guilty servicemen will stand trial,’ O. Turchynov said opening the morning session of the Parliament.

He gave respective instructions to the Ministry of Defense and the Prosecutor-General’s Office of Ukraine.

Also, the Chairman of the Parliament informed that previous night the National Guard had fought back the attempt of terrorists to storm the military base ‘in order to seize weapons and armored vehicles’.

According to him, in the course of the assault, criminals used “machine guns, grenades and Molotov cocktails”.

‘Due to the operation of the National Guard, 3 criminals were killed, 13 were injured and 63 were captured. Others ran away and are being pursued by the police,’ O. Turchynov said”.

 

http://www.president.gov.ua/en/news/30280.html

 

 

 

 

 

Portal Defesa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

UA-44933895-1