Il-112 fica para 2017

Publicado em: 28/03/2015

Categoria: NOTÍCIAS

Visualizações : 1591

Tags: , , , , , ,

Por: César A. Ferreira.

O Vice-Ministro da Defesa da Federação Russa, Sr. Yury Borisov, anunciou na data última de 26 de março de 2015, que a aeronave de transporte turbopropelida Ilyushin modelo Il-112 deverá realizar o seu voo inaugural no ano de 2017, com o início da sua produção em série esperada para o ano de 2019, a cargo do complexo Voronezh Aircraft Production Association, localizado 400 km ao sul de Moscou.

A aeronave foi idealizada e concebida pelo afamada Ilyushin Aviation Complex, com intuito de realizar missões de transporte em duras condições meteorológicas, campos desprovidos de suporte (apoio mínimo em solo), exibindo robustez operacional, estrutural e flexibilidade nas suas configurações de transporte/missões. Sua classe é a de transporte médio na ordem de 6 toneladas, que o faz concorrente, por exemplo, do CASA C-295 e do Alenia C-27 Spartan. O Il-112 deverá exibir um alcance máximo de 5.000 km.

Il-112 - Vista lateral.

Il-112 – Vista lateral.

É interessante notar que esta aeronave, Il-112, havia tido o seu desenvolvimento cancelado, visto que a Federação Russa havia resolvido prestigiar o fabricante ucraniano Antonov, encomendando, inclusive, aeronaves An-140 como substitutos do venerável An-26 (também da Antonov), sendo encomendados sete exemplares. Todavia, o desenvolvimento do Il-112, abandonado antes de 2011, foi retomado em 2013. É tentador pensar que os eventos havidos na Ucrânia foram de uma certa maneira decisiva para o abandono da Antonov como fornecedora de vetores de transporte para a Força Aérea da Federação Russa.

O relatório do Ministério de Defesa da Federação Russa prevê uma encomenda inicial de 35 unidades, entretanto, a Ilyushin acredita em um número maior, 60 unidades, para atender as necessidades deste operador.

Portal Defesa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

UA-44933895-1