EUA atacam base aérea da Síria

Publicado em: 07/04/2017

Categoria: NOTÍCIAS

Visualizações : 450

Tags: , , ,

Foto: Departamento de Defesa dos EUA

59 mísseis BGM-109 Tomahawk foram lançados pela Marinha Americana na noite desta quinta-feira (6) contra alvos militares na cidade de Homs, na Síria.

Os mísseis partiram dos navios USS Porter e USS Ross operando no Mediterrâneo, e atingiram aeronaves, hangares, reservatórios de combustível, paióis, radares e sistemas de defesa da Base Aérea de Shayrat, a apenas 120km da capital do país, Damasco, matando ao menos 6 pessoas.

O ataque seria uma retaliação ao ataque químico sofrido por civis na cidade de Khan Sheikhoum, Síria, na última terça-feira (4) e que tem levado a uma discussão no Conselho de Segurança da ONU quanto a sua autoria.

Os Estados Unidos alegam que o ataque químico fora realizado pela Força Aérea Síria, já a Rússia, principal aliada do regime de Bashar Al Assad, argumenta que um bombardeiro da Força Aérea da Síria objetivando destruir armamentos do Estado Islâmico terminou por explodir um arsenal químico do grupo terrorista, liberando o gás Sarin e matando mais de 80 pessoas.

A Rússia foi avisada do ataque antes que esse ocorresse, tendo sido também evitados setores da base aérea onde trabalham cidadãos russos. Entretanto o ataque não agradou Vladmir Putin, presidente da Rússia, que chamou a intervenção de uma “agressão contra um Estado soberano” e praticado sobre “pretextos inventados”, uma vez que ainda não se sabe a autoria do citado ataque químico.

Portal Defesa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

UA-44933895-1