Prédio Principal do Estaleiro de Itaguaí é inaugurado

Publicado em: 12/12/2014

Categoria: DESTAQUES

Visualizações : 2290

Tags: , , , , , ,

Do Rio de Janeiro

A Marinha do Brasil inaugurou ontem, dia 12, em Itaguaí/RJ o Prédio Principal do Estaleiro de Construção de Submarinos, edifício onde ocorrerá a montagem final dos submarinos a serem construídos no país, com a união das seções fabricadas na UFEM, Unidade de Fabricação de Estruturas Metálicas, distante cerca de 5km e separadas inclusive por um grande túnel construído especificamente para possibilitar essa ligação. Neste prédio, a princípio, serão construídos 4 submarinos convencionais com propulsão Diesel-Elétrica (S-BR), e 1 de propulsão Nuclear (SN-BR)

Uma instalação de vital importância para todo o PROSUB, o edifício como um todo impressiona, ainda mais por sua altura, o que se justifica já que possui a capacidade para a montagem simultânea de dois submarinos e para tal conta com todos os equipamentos de suporte como, por exemplo, guindastes com grande capacidade de carga, capazes de se movimentar ao longo de praticamente todo o comprimento do prédio. Após a montagem (soldagem de precisão de todas as seções vindas da UFEM) os submarinos serão levados ao mar por modernos elevadores de embarcações.

A cerimônia foi organizada no interior do edifício, sob forte esquema de segurança e com a presença da Presidente Dilma Rousseff e prestigiada pelos comandantes das três forças , do Ministro da Defesa Celso Amorim além de outras autoridades civis e militares em um grande palco que evidencia a considerável largura do Prédio Principal.

Após uma orquestra da Marinha do Brasil reproduzir o Hino Nacional, as autoridades presentes discursaram enaltecendo os feitos até o momento alcançados com o PROSUB, sendo o Prédio Principal o mais impactante por sua magnitude. Estiveram presentes como espectadores da cerimônia centenas de funcionários da Odebrecht, militares da Marinha do Brasil e da Marinha da França além de convidados civis representantes de empresas diretamente ligadas aos projetos.

O ato que inaugurou o prédio foi a apresentação da Seção de Certificação, um componente idêntico as seções que serão empregadas nos submarinos reais, mas que tem o propósito de comprovar a certificação das equipes em construir um casco moderno de um submarino.

Sob um grande pano azul, a peça foi revelada sob o comando o Ministro Celso Amorim. O pano foi erguido e uma apresentação foi projetada no interior da peça, destacando a capacidade da indústria naval brasileira representada naquela seção exposta.

A seção corresponde a parte central de um submarino convencional e possui todos os elementos estruturais encontrados na maior parte da embarcação real, com passagens para cabeamento, acessos de componentes através do caco selado, cavernas, longarinas e soldas de precisão. Todos os funcionários diretamente envolvidos na construção dos submarinos devem passar primeiro pela seção de certificação exposta neste evento.

Após a cerimônia oficial, houve uma coletiva de imprensa onde o Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Julio Soares de Moura Neto, o Gerente do Empreendimento Modular de Obtenção da Infraestrutura para a Construção e Manutenção de Submarinos, Contra-Almirante Newton de Almeida Costa Neto, e o Coordenador-Geral do Programa de Desenvolvimento de Submarino com Propulsão Nuclear, Almirante de Esquadra Gilberto Max Roffé Hirschfeld esclareceram detalhes do prédio e do PROSUB, como o desenvolvimento do submarino nuclear, que se encontra atualmente com seu projeto sendo elaborado e ganhando seus contornos finais, e todo o processo de montagem que será feito no edifício, como a instalação do reator nuclear no SN-BR

Espera-se que as instalações de construção da Base Naval de Itaguaí e seu entorno sejam utilizadas por muitos anos ainda, já que apesar de o PROSUB contemplar 4 submarinos convencionais e 1 nuclear, os planos da Marinha do Brasil almejam a construção de 15 submarinos convencionais e 6 nucleares.

Em fevereiro do próximo ano, 2015, as seções 1 e 2 do primeiro S-BR devem ser concluídas, e poderão, portanto começar a ser preenchidas com todos os sistemas embarcados, entre sistemas elétricos, eletrônicos e hidráulicos. As seções 3 e 4 já foram feitas na França, e estão na Base de Itaguaí desde Junho de 2013. Com isso, após a instalação dos componentes internos nas 4 seções, o primeiro S-BR poderá começar a ser montado.

Portal Defesa

2 Responses to Prédio Principal do Estaleiro de Itaguaí é inaugurado

  1. Leonardo de Araújo disse:

    Estou conhecendo o portal em torno de um mês, e pelo que li em vários editoriais, matérias e fórum, acredito que aqui não seja o logar adequado para debate político. Não vamos estragar esta fonte de conhecimento técnico, e troca de informações. Isso é minha opinião.

  2. Gayneth disse:

    Pra infelicidade geral da oposição Vira-Lata, essa GRANDIOSA obra tá evoluindo. Tinha que ser a ESQUERDA, porquê a DIREITA só entrega.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

UA-44933895-1