F-16 estagnado na USAF e ROCAF

Publicado em: 02/02/2014

Categoria: NOTÍCIAS

Visualizações : 539

Tags: , ,

Do Rio de Janeiro

Os caças F-16 da Força Aérea Americana (USAF) e da Força Aérea de Taiwan (ROCAF) estão com suas modernizações por um fio. O programa de modernização que envolvia os caças F-16 dos dois países, denominado CAPES (Combat Avionics Programmed Extension Suite), está com seu cancelamento sendo cogitado pelo governo americano a fim de enxugar os gastos no setor de defesa.

A verba destinada ao programa CAPES seria então destinada ao Service-Life Extension Program (SLEP), e que não atualiza a aeronave, e muito menos engloba as aeronaves a serviço da Força Aérea de Taiwan.

Taiwan opera atualmente cerca de 150 jatos F-16A/B, o que representa a maior parte de sua frota de combate. Com essa frota desatualizada, o governo de Taiwan teme ficar vulnerável na região.

As saídas para esse entrave não são fáceis. Uma opção seria bancar a modernização CAPES, porém os custos, mesmo não divulgados, seriam muito altos para um país que também está tendo problemas orçamentários em seu setor de defesa. Outra opção seria forçar os Estados Unidos a vender versões C/D do caça, ou até mesmo o F-35, o que seria altamente improvável.

A terceira opção seria pegar carona no processo de modernização da Coréia do Sul, que está revitalizando 130 jatos F-16C/D.

Portal Defesa

Notícia anterior:
Próxima notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

UA-44933895-1